terça-feira , 25 junho 2024
Lar Sem categoria Brasil: É mentira que obras do Exército na BR-163 começaram no governo Bolsonaro
Sem categoria

Brasil: É mentira que obras do Exército na BR-163 começaram no governo Bolsonaro

Circulam em redes sociais textos e vídeos enganosos que asfaltamento no Pará, iniciado em 2017, seria da atual gestão.

por:Paulo da Silva com informações do Estadão

Como dizia vovó, a mentira tem pernas curtas. Pois bem, circula no WhatsApp fotos e vídeos atribuindo ao governo de Jair Bolsonaro o resultado preliminar das obras de pavimentação da rodovia BR-163, no Pará um dos pontos mais críticos da região. “Após 30 anos de promessas de todos os governos que passaram por este país” diz a postagem mesclando fotos e vídeos.

Fotos:Redes sociais

É mentira e das grandes está informação. As obras nesses locais sob a responsabilidade do Exército começaram em setembro de 2017, segundo nota enviada aos órgãos de imprensa pelo Centro de Comunicação Social dos Militares.

O ruim de tudo isso é que uma mentira quanto mais repetida, acaba se tornando verdade. Entretanto, cabe aos órgãos de imprensa com seus departamentos de checagem desnudar as falsas informações. Foi o que fez o Estadão, um dos jornais mais antigo do Brasil.

A mensagem enganosa que circula em texto mais vídeo aparece um caminhoneiro que ao passar pela obra e, ao comentá-la, diz que ela reflete o início do governo Bolsonaro. Um vídeo antigo do próprio Exército publicado em fevereiro de 2018 circula nas redes sociais como se fosse deste ano.

A ousadia dos mentirosos que gostam de se aproveitarem das boas realizações para tentar fazer colar no atual presidente, ecoam questionando se o leitor “ouviu ou viu isso em alguma mídia brasileira” e acusa a imprensa de desinformar a sociedade, traz a assinatura de Bolsonaro, como se o presidente a tivesse escrito. Isso também é mais uma mentira. A verdade…

O Exército assumiu as obras em agosto de 2017 e começou a atuar de fato em setembro. O projeto está vigente até fevereiro de 2020. Junto ao projeto, esta a Operação Radar que é um apoio emergencial dos militares devido ás chuvas. Iniciada em dezembro do ano passado, ela deve durar um ano.

De fato, a mentira tem pernas curtas.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

♦ENTRETENIMENTOSem categoria

Pedro Gomes: Lar São João Batista realiza arraia para os residentes

Responsáveis e colaboradores do Lar São João Batista, o asilo realizaram nesta...

Sem categoria

Senado: Pacheco diz que PL do aborto “jamais iria direto ao plenário”

Aborto é diferente de homicídio, defende. por: Agência Brasil O projeto de...

Página Protegida Por Direitos Autorais. Proibido Copiar!