Lar Sem categoria Pedro Gomes:Prefeito William do Banco reduz gratificações, corta horas extras e congela férias.
Sem categoria

Pedro Gomes:Prefeito William do Banco reduz gratificações, corta horas extras e congela férias.

Medidas são para conter gastos.

por:Paulo da Silva e WF

O prefeito William do Banco(PSDB), reduziu gratificações, cortou horas extras e congelou férias dos servidores.  O prefeito alegou inúmeros fatores; como crise financeira, adequação com o limites de gastos com pessoal, entre outros. As medidas causaram um impacto negativo na vida funcional. A ação do chefe do executivo ‘estraga’ o natal do funcionalismo, principalmente os menos remunerados. Isso, em vésperas de fim de ano, onde por hábito se reúnem as famílias em festas e o comercio local se anima com a dinâmica das compras.

Cortes…

 

A grande maioria dos servidores que votaram no nome de William do Banco(PSDB), nas últimas eleições já demostram decepção com a escolha. Já sentenciam que William passará para a história como o prefeito que  ‘salgou’ o natal dos servidores públicos municipais. O vereador e Presidente da Câmara Municipal, Sandoval de Oliveira(SD) esbravejou na tribuna contra os cortes. “Será que é este o presente de natal que os servidores merecem”, criticou o parlamentar. Outros vereadores se manifestaram contra os cortes, são eles;Reges de Paula(PSDB), Antônio Marcos Teodoro, o Marquinhos (PSD), Francisco Alves o Dika(PMDB).

Sandoval na tribuna:”Será que é este o presente da natal que os servidores merecem”, criticou o parlamentar.

Um detalhe que não pode passar despercebido é que os cortes só prejudicam os trabalhadores. Não se tem notícias de que haverá redução de secretarias que pela nossa contagem ultrapassa dez, fora os cargos comissionados, uma desastre para as contas públicas e um entrave para o desenvolvimento do município.

 

O OPORTALPNEWS apurou que o prefeito William do Banco(PSDB), planeja demitir oito nomes do primeiro escalão ainda esta semana. Entretanto a medida soa ainda mais controversa. Tem a promessa de serem reconduzidos aos cargos já em janeiro. Ou seja isso irá acabar sendo  na verdade férias de fim de ano e ainda com o 13° no bolso. Cada secretario leva dos cofres públicos, como manda a lei, R$ 5 mil  sem contar  diárias. Mas, para o servidor público um natal amargo; sem peru de natal, sem doces, sem bebidas sem mesmo a puruca. Socorro.

https://www.facebook.com/portalpnews.com.br/videos/2068847163343712/

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Sem categoria

Brasil: Salário mínimo será de R$ 1.502 em 2025, confirma ministro Fernando Haddad

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad confirmou que o salário mínimo para...

♦SONORASem categoria

Sonora: Mulher ‘mão de elástico’ é flagrada furtando planta; câmeras filmaram tudo, confira vídeo

Nem as plantas escapam  Uma mulher em uma motocicleta foi flagrada furtando...

Página Protegida Por Direitos Autorais. Proibido Copiar!