segunda-feira , 17 junho 2024
Lar ♦SONORA Sonora: Trabalho Parlamentar; vereadora Flávia participa de evento na capital-, ‘MS Acessível’.
♦SONORA

Sonora: Trabalho Parlamentar; vereadora Flávia participa de evento na capital-, ‘MS Acessível’.

Redação com Assessoria

Para fazer um Mato Grosso do Sul cada vez mais inclusivo, o Governo do Estado lança o programa ‘MS Acessível: Promovendo a Cidadania para Pessoas com Deficiências Ocultas’, que vai incentivar a aceitação e a compreensão do uso do cordão de girassol.

Mato Grosso do Sul saiu na frente ao instituir o uso do cordão pela Lei Estadual nº 5.969, ainda em 2022, enquanto a Lei Federal foi publicada no ano passado, e agora se destaca mais uma vez sendo o primeiro estado do País a cumprir a legislação.

O uso do cordão de girassol identifica pessoas com deficiências e condições ocultas ou não aparentes, e passa a mensagem de empatia a todos os que estão ao redor. No Estado, o projeto é mais uma etapa do programa MS Acessível, promovido pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Pessoa com Deficiência, pasta ligada à Cidadania.

Programado para o dia 2 de abril, no auditório do Bioparque Pantanal, o lançamento do programa vai sensibilizar sobre a utilização do cordão de girassol por parte das pessoas que tenham deficiências, condições limitantes ou doenças crônicas, podendo não ser visíveis ou facilmente identificáveis, ao mesmo tempo em que vai orientar e capacitar servidores estaduais sobre como atender a este público com empatia.

O evento contará ainda com a participação da Diretora de Marketing da HD Sunflower, Annette Cmela, que criou a iniciativa do uso do cordão, e também da diretora para América Latina Cordão de Girassol, Flávia Callafange.

Na solenidade, o Governo de Mato Grosso do Sul vai entregar colares para representantes das pastas transversais à esta ação: Assistência Social e Direitos Humanos; Justiça e Segurança Pública; Saúde; Educação; Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação. Expoentes do terceiro setor também vão participar da entrega.

Secretária de Estado da Cidadania, Viviane Luiza, enfatiza que a capacitação de servidores para melhor atender às pessoas com deficiências ocultas está dentro do Programa MS Acessível, e segue um dos eixos principais do Governo do Estado, que é a inclusão, refletindo a premissa fundamental de não deixar ninguém para trás.

“Estamos empenhados em capacitar os servidores públicos para melhor atender às necessidades das pessoas com deficiências ocultas, garantindo que todos tenham acesso aos serviços e apoio necessários, independentemente de suas habilidades ou limitações perceptíveis. Ao investir na sensibilização e no treinamento dos nossos servidores, estamos construindo uma sociedade mais inclusiva e solidária para todos os cidadãos”, ressalta Viviane.

O lançamento do “MS Acessível: Promovendo a Cidadania para Pessoas com Deficiências Ocultas” foi neste dia 2 de abril, às 14h, no auditório do Bioparque Pantanal, em Campo Grande.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

♦ENTRETENIMENTO♦ESPORTES♦SONORA

Sonora: Craques do atletismo brilham em Cuiabá; três medalhas em diversas colocações

Três medalhas por: Redação com Ascom Competidores do Atletismo de Sonora, brilharam...

♦PEDRO GOMES♦SONORA

Pedro Gomes: Condutora tenta ultrapassagem e capota carro de passeio na BR-163; veja vídeo

por: Paulo da Silva, editada para acréscimos Uma mulher ainda não identificada...

♦SONORA

Sonora 36 anos: Presentes-, governo enaltece gestão Enelto e investirá 24 milhões na cidade

Anúncio foi feito durante as festividades de Sonora. por: Paulo da Silva...

♦ELEIÇÕES 2024♦SONORA

Sonora: Eleições 2024; pânico no MDB, PSDB poderá recuar de apoio à Clarice

O PSDB que já teria declarado apoio a pré-candidatura de Clarice Ewerling...

Página Protegida Por Direitos Autorais. Proibido Copiar!